domingo, julho 16, 2006

Enjoy the silence ....(live in Lisbon 08/02)



Uma grande memória do ÚNICO Concerto deles cá ...:((

terça-feira, julho 11, 2006

Forbidden Colours - David Sylvian & Ryuchi Sakamoto






The wounds on your hands never seem to heal
I thought all I needed was to believe

Here am I, a lifetime away from you
The blood of Christ, or the beat of my heart
My love wears forbidden colours
My life believes

Senseless years thunder by
Millions are willing to give their lives for you
Does nothing live on?

Learning to cope with feelings aroused in me
My hands in the soil, buried inside of myself
My love wears forbidden colours
My life believes in you once again

I'll go walking in circles
While doubting the very ground beneath me
Trying to show unquestioning faith in everything
Here am I, a lifetime away from you
The blood of Christ, or a change of heart

My love wears forbidden colours
My life believes
My love wears forbidden colours
My life believes in you once again



Revi há pouco esta fantástica música...

Por mais lamechas que possa soar tem uma carga lírica brutal , só o nome...as cores pelas quais não arriscamos na nossa vida deixam-nos apáticos, sem vida.

A mim faz me pensar sobre tanta coisa, não se remetendo apenas ao amor in itself, pode ser também sobre a própria fé , quer seja em nós próprios, ou em algo que nos faz viver e não sobreviver...beautiful tune :)

sábado, junho 03, 2006

Close To Me



i wish you were close to me.

segunda-feira, maio 15, 2006

Blue Velvet - David Lynch 1986


Blue Velvet

Bobby Vinton

She wore blue velvet
Bluer than velvet was the night
Softer than satin was the light
From the stars
She wore blue velvet
Bluer than velvet were her eyes
Warmer than May her tender sighs
Love was ours

Ours a love I held tightly
Feeling the rapture grow
Like a flame burning brightly
But when she left, gone was the glow of
Blue velvet

But in my heart there'll always be
Precious and warm, a memory
Through the years
And I still can see blue velvet
Through my tears


Uma música fabulosa , que de cada vez que a oiço só me apetecia ser uma das personagens dos filmes dos anos 50 e dançar com o "pedaço de mau caminho" da altura.

Um dos melhores filmes dedavid lynch...sim foi há...20 anos

sábado, maio 06, 2006

kitten in the car....




Legenda: sábado 5 da tarde à conversa no carro com uma das minhas melhores amigas, quando de repente o meu capot estremece subitamente, é nestas alturas que se pode dizer BENDito telemovel que tira fotos...um gatinho resolve subir para o dito cujo....escusado será dizer que soltei daquelas gargalhadas sonoras...

domingo, fevereiro 12, 2006

Depeche Mode 8 de Fevereiro de 2006

Uma noite bombástica!!! Grande concerto, Dave Gahan só veio confirmar aquilo que já se sabia há muito: a idade não o assusta nada, aos 43 anos continua ali aos saltos e numa correria desmedida como se tivesse menos 20...(a fazer lembrar os primeiros tempos da longa carreira do grupo.)
Realmente não há melhor música para começar o concerto do que a pujante "A Pain that I´m used to" , pôs o público ainda meio que "sossegadinho" a vibrar. Seguiu-se "John The Revelator" (uma das grandes músicas de Playing the Angel)." A question of time" veio abrir o primeiro momento saudosista do concerto, de referir que quase todas as canções tiveram um "arranjo sonoro" diferente, "policy of truth" foi para mim o 1º grande momento da noite (mas também tenho uma predilecção especial pela mesma.
"precious" aqui com um registo ligeiramente diferente do presente no album, mais cativante e melódico será uma daquelas músicas que vai perdurar como (mais) um clássico da banda.
Recordando uma das músicas tocadas em Alvalade em 1993, na devotional Tour - "walking in my shoes" , Dave confunde-se com todo o espectáculo visual, num brilhante jogo de luzes, palavras e imagens.

"Behind the wheel" veio reacender a energia. Já se sabia que Martin Gore (com um barrete negro a fazer lembrar uma personagem saída do sr dos anéis...)iria ter o seu momento vocal, "Home" foi a sua primeira prestação.

Chegámos ao momento "violator" da noite: com uma sequência de deixar qualquer fã a cair para o lado :" World in my eyes", um pujante e espectacular "personal jesus"...REACH OUT TOUCH FAITH.

Mas para mim, sem dúvida O MOMENTO da noite foi a my all time favourite (minha e de mais de meio pavilhão ;))esse grande hit "ENJOY THE SILENCE", quase me veio uma lágrima ao olho..FOI LINDO!!!!!

Mais outro momento lindo foi o "shake the disease" com uma roupagem acústica, cantado pelo Martin.

Desde que vi o ouvi o "101", que o "everything counts" versão ao vivo me fascinava, tive a prova...foi ABSOLUTAMENTE fantástica!!

"Never let me down again" foi a penúltima a ser tocada....IM TAKING A RIDE WITH MY BEST FRIEND

"Goodnight Lovers " foi de facto a melhor escolha para le grand finale, com dave e martin a cantarem em uníssono!!! LINDO! LINDO!

Este arrisca-se a ser o concerto do Ano!

setlist:
A Pain That I'm Used To
John The Revelator
A Question of Time
Policy of Truth
Precious
Walking In My Shoes
Suffer Well
Damaged People
Home
I Want It All
The Sinner In Me
I Feel You
Behind The Wheel
World In My Eyes
Personal Jesus
Enjoy The Silence

Encore 1

Shake The Disease
Just Can't Get Enough
Everything Counts

Encore 2

Never Let Me Down Again
Goodnight Lovers

domingo, fevereiro 05, 2006

Como ser Criativo (the hardest task on earth..)

1. Ignore everybody.

2. The idea doesn't have to be big. It just has to change the world.

3. Put the hours in.

4. If your biz plan depends on you suddenly being "discovered" by some big shot, your plan will probably fail.

5. You are responsible for your own experience.

6. Everyone is born creative; everyone is given a box of crayons in kindergarten.

7. Keep your day job.

8. Companies that squelch creativity can no longer compete with companies that champion creativity.

9. Everybody has their own private Mount Everest they were put on this earth to climb.

10. The more talented somebody is, the less they need the props.

11. Don't try to stand out from the crowd; avoid crowds altogether.

12. If you accept the pain, it cannot hurt you.

13. Never compare your inside with somebody else's outside.

14. Dying young is overrated.

15. The most important thing a creative person can learn professionally is where to draw the red line that separates what you are willing to do, and what you are not.

16. The world is changing.

17. Merit can be bought. Passion can't.

18. Avoid the Watercooler Gang.

19. Sing in your own voice.

20. The choice of media is irrelevant.

21. Selling out is harder than it looks.

22. Nobody cares. Do it for yourself.

23. Worrying about "Commercial vs. Artistic" is a complete waste of time.

24. Don’t worry about finding inspiration. It comes eventually.

25. You have to find your own schtick.

26. Write from the heart.

27. The best way to get approval is not to need it.

28. Power is never given. Power is taken.

29. Whatever choice you make, The Devil gets his due eventually.

30. The hardest part of being creative is getting used to it.

Pois, depois admiram-se que haja uma gigantesca taxa de suicídios e de alcoolismo, na carreira publicitária...no comments...

in http://www.gapingvoid.com